facebook facebook facebook

Terminal Maritimo recebe busto de pratico que evitou tragedia

07/04/2015 16:25

 O Terminal Marítimo de Passageiros do Porto do Recife vai receber de volta o busto do prático da barra Nelcy da Silva Campos. Considerado herói, há cerca de 30 anos ele rebocou o navio petroleiro Jatobá em chamas para longe da costa e evitou explosão gigantesca no Parque de Tancagem do Brum, onde estavam armazenados 153 mil metros cúbicos de produtos inflamáveis. De acordo com os técnicos, uma explosão no local destruiria tudo num raio de cinco quilômetros, atingindo os bairros de Santo Antônio, Recife Antigo, Boa Vista, Brasília Teimosa e Pina.

 

A obra, do escultor pernambucano Demétrio Albuquerque, foi retirada do local por conta das obras de reforma do porto e voltará à exibição pública até o próximo dia 12 de maio. A data marca os 30 anos do feito heróico, ocorrido em 1985. A informação foi divulgada após reunião entre representantes da Sociedade dos Amigos da Marinha (Soamar) e da Capitania dos Portos. O diretor dos portos do Recife, Olavo de Andrade Lima, e o capitão dos portos, Luiz Cláudio Lázaro, convidaram familiares do prático Nelcy Campos, falecido em 1990, para escolher o novo local para a instalação do busto. Ficou definido que a obra será colocada no lado externo da entrada do novo Terminal Marítimo. As próximas medidas serão agilizar os procedimentos de restauração e fazer a estrutura de sustentação para colocar o busto no novo local.


No dia do incêndio, todo o efetivo do Corpo de Bombeiros do Recife foi mobilizado mas não conseguiu ebelar as chamas, que chegavam a 20 metros de altura. A situação foi tão grave que o então governador, Roberto Magalhães, foi acordado às presas para deixar o Palácio do Campo das Princesas,na Boa Vista, onde morava.

No dia 29 de setembro de 2003, Nelcy Campos foi homenageado em uma cerimônia alusiva ao Dia Mundial do Marítimo. O Comando do 3º Distrito Naval da Marinha do Brasil mandou erigir um busto de mármore em sua homenagem, junto ao Terminal Marítimo de Passageiros, na Praça do Marco Zero. Com a reforma do Porto do Recife, a estátua, obra do escultor pernambucano Demétrio Albuquerque, foi tirada do local.

Nelcy da Silva Campos nasceu no Recife no dia 21 de janeiro de 1931. Trabalhou durante 25 anos como prático, ofício que aprendeu com o pai. Morreu no dia 27 de setembro de 1990, de causas naturais.

Por: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2015/04/07/interna_vidaurbana,570167/te

Outras Notícias

Av. Lafayete Coutinho, 1010, loja 15, Bahia Marina - Salvador - Bahia. Tel+55 71 3016 8500 Fax+55 71 3016 8511